Trabalhar Na Internet! Como?

Outubro 08, 2016

Num estudo recente, perto de 40% de quem está atualmente empregado afirmou que deseja, algures no futuro, ter o seu próprio negócio, trabalhar na internet já em 2017 é sem dúvida uma boa opção.

Mas há um problema, contudo. Se você está empregado, precisará de deixar o seu trabalho a dada altura. Não ter trabalho significa não ter dinheiro. Não ter dinheiro significa não ter capital para começar o seu negócio. É entusiasmante, mas também verdadeiramente assustador.

E é por isso que a maioria das pessoas permanece como empregada e nunca inicia o seu próprio negócio.

Mas há outra opção, uma que é muitas vezes ignorada por demorar bastante. Ela passa por começar o seu negócio enquanto ainda está a trabalhar.

Você vai trabalhar das 9 às 5 e quando voltar para casa tem de trabalhar das 5 às 9. Você diz não a festas, rejeita sair ou participar em qualquer outro evento da sua vida social. Ao invés disso, fica em casa e trabalha lenta mas firmemente no seu caminho até chegar ao ponto onde pode deixar o seu emprego sem riscos.

O fato de estar a ler este post significa que você não deixou o seu emprego, portanto só lhe resta esta opção.

Ela funciona assim.

0. Estabeleça Objetivos E Dedique O Seu Tempo

Eu odeio isto e provavelmente você também, mas esta é a parte mais importante e decisiva para a sua jornada rumo ao sucesso. É por isso que ela é o passo 0! Sem objetivos, não terá direção e, sem um horário, não terá tempo.

Portanto, todas as semanas, comprometa-se a fazer algo que irá construir o seu negócio e ponha de lado tempo para consegui-lo. Comece modestamente, com pequenos objetivos, como estabelecer o seu website (falaremos disto mais tarde), e comprometa-se a atingi-lo durante a semana. Quando completá-lo, siga para o próximo objetivo.

1. Encontre A Sua Ideia

Sim, as ideias não custam dinheiro, mas você precisará de uma para ter alguma orientação.

Eu coloquei ‘sua’ em itálico porque uma ideia é algo bastante pessoal e todas as pessoas têm uma distinta, mesmo aquelas que estão num nicho similar. O que você pode oferecer a um potencial cliente será amplamente diferente daquilo que eu conseguirei. As suas competências são diferentes, a sua personalidade é diferente e os seus objetivos a longo-prazo são distintos.

Dito isto, nunca vire costas a uma ideia que julga já ter sido demasiado usada. Se alguém está a fazer dinheiro com ela, as chances indicam que você também poderá consegui-lo.

Para mim, uma boa ideia encaixa entre aquilo que você sabe e aquilo que você gosta de fazer. Você poderá certamente começar do zero e aprender todo um novo conjunto de competências, mas será muito mais fácil se tirar partido das suas capacidades atuais.

Além disso, não se esqueça de que provavelmente irá trabalhar nesta ideia quando voltar para casa após o dia de trabalho, e também durante os fins-de-semana, portanto encontre algo que gosta de fazer, caso contrário a sua motivação acabará por sofrer as consequências.

Por onde começar?
 O modo mais fácil de começar é encontrar algo que gosta realmente de fazer ou em que realmente é bom, se conseguir. Isso pode ser algo em que está a trabalhar atualmente, um hobby ou outra coisa em que tenha sido bem-sucedido no passado.

Você escreve bastante no seu trabalho? Ótimo, preste serviços de escrita criativa ou copywriting. Tem jeito para fazer código? Desenvolva uma aplicação! Tem talento para as artes? Venda as suas criações online!

A sério, se há pessoas a fazerem dinheiro online a abrir caixas, você também pode conseguir algo.

2. Encontre uma Rede de Apoio

Por esta altura, você já deve ter pelo menos umas ideias sobre o que gostaria de seguir. O próximo passo para trabalhar na internet é encontrar uma comunidade baseada em cada uma delas, a fim de dar os primeiros passos rumo à validação da sua ideia, sem com isso aplicar demasiado esforço.

Por exemplo, suponhamos que está interessado em fazer trabalho freelance em SEO. Encontrar uma comunidade de SEO estabelecida ajudá-lo-á a fazer a ponte entre a ideia e a ação, pois ela dar-lhe-á um sentido de autenticidade (pessoas reais a fazer coisas reais) e orientação (aqui está o que funcionou comigo).

Você pode encontrar comunidades online para qualquer nicho. Pesquise nos Subreddits, em grupos de Facebook, comunidades industriais específicas como a Inbound.org, ou comunidades privadas construídas pelas suas marcas e pessoas influentes favoritas.

Assim que tiver uma comunidade para cada ideia, pesquise e leia tudo o que conseguir, coloque questões e tente descobrir se esse é o caminho certo para si. Não tenha receio de abordar pessoas individualmente. Você ficaria surpreendido com a quantidade de pessoas que estão dispostas a ajudar, especialmente quando elas já estiveram no seu lugar anteriormente.

3. Construa os alicerces

É altura de por mãos à obra mas, antes de começar a fazer dinheiro, você precisa de construir uma base sólida para o seu negócio. Isso irá ajudá-lo a longo-prazo, portanto não ignore este passo.

Crie Um Website

Um website é uma necessidade vital para quem está a tentar trabalhar na internet, mas também é fácil gastar montes de tempo, julgando que está a fazer progressos. Deixe de lado o design repleto de pormenores e assegure-se apenas de que os seus produtos, serviços, nome, contacto e informação sobre redes socais estão explícitos. Pode sempre voltar atrás e melhorar o website, mas nunca recuperará o tempo que gastou a tentar fazê-lo perfeito.

Uma boa ideia é usar um tema para o WordPress, que de certa forma o ajudará a criar o seu site com look profissional e ao mesmo tempo mais rápido, a seu tempo colocarei alguns temas que considero melhores para a criação da sua presença na internet.

Esteja nas Redes Sociais

Se o seu serviço ou produto tem uma marca, assegure-se de que ela tem perfis relevantes em TODAS as redes sociais principais. Mesmo que não tenha intenção de publicar coisa alguma no Pinterest, assegurar o nome de utilizador faz com que crie uma prova social, um grande fator em SEO, e previne outros de se apoderarem da sua marca.

O mesmo se aplica para o caso de utilizar simplesmente o seu nome próprio, por exemplo “Consultor Fulano”. Tenha a certeza de que tem perfis pessoais que lhe permitam publicar e interagir com os sítios onde os seus clientes se encontram.

Construa A Sua Rede

Lembra-se de todas as comunidades às quais se juntou? Bem, está na altura de contribuir de volta. Comece a publicar conteúdo com valor, partilhe as suas visões e ajude quem precisar. Isso fará com que o seu perfil seja valorizado, que se posicione como expert, construindo a sua própria rede de apoio. As pessoas que fizerem parte dela irão partilhar o seu website e irão referenciá-lo a outros clientes e compradores ao longo do tempo.

4. Atraia O Seu Primeiro Cliente

E agora o momento pelo qual tem estado à espera – como conseguir realmente o seu primeiro cliente. Eu gostaria de dizer que será fácil, mas a verdade é que não há um método à prova de bala para conseguir a sua primeira venda, o seu primeiro cliente ou o seu primeiro subscritor. Por vezes, é uma questão de saber onde estão os clientes, outras tem que ver com quem você conhece e outras ainda passam somente por uma questão de sorte.

Organicamente

Se você criou o seu website e seguiu até os mais básicos princípios de SEO, é natural que venha a ter algum tráfego ao longo do tempo. Contudo, depender somente disso é a definição de esperar para ver, portanto fazer coisas como link building, publicar regularmente conteúdo de qualidade e ter a certeza de que o seu SEO cumpre os requisitos mínimos irá acelerar as coisas.

Pagando

Tráfego orgânico leva tempo a ser construído, portanto se está à procura de resultados rápidos você deveria tentar os anúncios. Isso não só coloca o seu produto ou serviço à frente de quem está interessado, também ajuda a criar reconhecimento para a sua marca, mesmo que não venham a clicar nela. Sim, pode custar dinheiro, mas atualmente você está apenas a tentar meter o pé na porta e, quem sabe, os seus primeiros clientes podem começar a espalhar a palavra a partir daí.

Impulsione A Sua Rede Pessoal

Uma das coisas mais difíceis de conseguir é colocar as suas inseguranças de lado e falar ao mundo sobre o seu negócio. Contudo, por vezes, publicar nas redes sociais, enviar emails a familiares e amigos e, no fundo, colocar-se onde o possam ver, pode resultar. Mesmo que seja apenas um convite para que ponham um like na página de Facebook da sua marca, pode abrir a porta para negócios futuros, e você nunca o saberá até tentar.

Impulsione os Seus Grupos e Comunidades

Se tem estado ativo nas suas comunidades online, pode começar a promover-se nelas. Contudo, você precisa de ter cuidado. Se opta por um caminho demasiado óbvio, as pessoas afastar-se-ão e poderá acabar banido. Uma abordagem mais passiva, fornecendo conselhos gratuitos e mencionando depois o seu produto ou serviço pago, é melhor.

Em suma… dê algo, para receber algo!

Em alguns casos, se você é realmente reconhecido e respeitado na sua comunidade, pode anunciar o seu produto ou serviço e perguntar às pessoas se elas conhecem alguém interessado, ou se podem ajudar a promovê-lo. Têm sido várias as vezes em que eu tenho partilhado um produto de alguém, mesmo quando não sou questionado diretamente para isso.

Parcerias

Quando você começa, praticamente não tem uma plateia. Portanto, enquanto está a tentar arrancar, que tal pedir ajuda a quem já tem público? Contate bloggers populares, Youtubers, utilizadores de Instagram e outras pessoas influentes online para saber se é possível estabelecer uma parceria. Pode ir ainda mais longe e sugerir que constituam um par numa competição ou que criem uma oferta em conjunto com os produtos de ambos.

5. Mantenha o Bom Momento

Então você conseguiu o seu primeiro (e, esperamos segundo, terceiro …) clientes ou vendas. Como você mantém o bom momento de ritmo de trabalho na internet em seu favor?

Peça sugestões

Tenha sempre presente os seus clientes para ver se há mais alguma coisa que você pode fazer ou melhorar. Isto não só mostra que você se importa, mas também pode trazer à luz todas as áreas em que você pode melhorar.

Solicitar Avaliações (e mostrá-las)

Certifique-se de pedir a seus clientes comentários sobre os seus produtos ou serviços. Supondo que eles são positivos, use esses comentários e coloque-os no seu site, nas redes sociais, e geralmente use os mesmos para atrair e conquistar novos clientes.

Invista em você mesmo

Até agora você viu que ter um negócio e trabalhar na internet para si mesmo não é um sonho e você provavelmente já gastou uma tonelada de tempo apenas para chegar a este ponto. Se tudo está a ir bem, considere investir em uma nova habilidade, certificado ou especialidade. Isso vai solidificar a sua posição de mercado atual e encontrar até mesmo uma nova gama de clientes.

Para Terminar

Não acredite em qualquer pessoa que lhe diga que a construção de um negócio na internet, ou trabalhar na internet é fácil, e que lhe permite deixar o seu trabalho da noite para o dia. É preciso muita motivação, perseverança e, muitas vezes, sorte.

No entanto, se você tentar iniciar, terá feito mais do que a maioria das pessoas e, como diz o ditado:

A melhor época para plantar uma árvore foi há 20 anos. O segundo melhor momento é agora.

Então, siga estes passos, e, eventualmente, vai gerar o suficiente para deixar o seu trabalho e trabalhar na internet a tempo inteiro.